Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Objectivos da Fnaf

por fnaf, em 21.08.07

A FNAF é privada, não tem fins lucrativos, é de âmbito nacional e tem por objecto:

a) Representar, interna e externamente os associados, dentro do principio fundamental de que as suas posições e acções sejam coincidentes com os interesses da generalidade dos feirantes;

b) Expressar, junto dos órgãos de soberania e do aparelho do Estado, as reclamações e posições da classe, apresentando críticas e propostas para a solução dos problemas próprios

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De José Manuel Abranja a 24.08.2007 às 22:52

O meu comentário aos objectivos da FNAF , é apenas para salientar de que além das alíneas mencionadas , tem ainda como objectivo o incentivar e apoiar em termos organizativos a criação de novas Associações viradas para o desenvolvimento e dignificação da classe de Feirantes, nomeadamente na exigência do melhoramento das condições de trabalho, preservação do mesmo e modernização das feiras sem no entanto sair da esfera tradicional.
Sem imagem de perfil

De JOAQUIM PEREIRA a 25.08.2007 às 00:41

alem do que o meu colega diz temos tambem um papel importante na tradição deste pais socio cultural alem do economico embora queirão não dar relevo ao sector mas vastanos o aglomerado de publico e o sentimento de que ás localidades atraimos publico nao por acaso mas pelo o nosso papel bem desempenhado mesmo as vezes sem as tais condições que tanto pedimos a quem de direito.... Vice Presidente -Joaquim Pereira
Sem imagem de perfil

De Joaquim Miranda Barreto a 01.09.2007 às 22:36

As diversas Associações de Feirantes já criadas e com tendência a aumentar no nosso País, são prova inequívoca de descontentamento da classe, face ao abuso de poder dos Presidentes de alguns Municípios.
Frequentemente assistimos a aumentos desproporcionados das taxas de terrado e como se não bastasse, às diferenças de preços, marcadas entre Feirantes que residem fora e dentro da área do Município.
De uma vez por todas, os órgãos Autárquicos terão de entender que os Feirantes, não são uma classe de indigentes, mas sim pessoas de trabalho sujeitos ao pagamento de impostos em conformidade com o volume de negócios, como naturalmente os demais diversos ramos de comércio ou da Indústria.
Considero que: Aumentos nas taxas de terrado acima dos níveis de inflação, bem como impor ao Feirante que reside fora da Autarquia o pagamento de um valor superior àquele que é imposto ao residente dentro da área, é realmente aquilo a que podemos chamar: Franco abuso poder !
Eu para além de ser Feirante, também sou Tesoureiro de uma Junta de Freguesia, cargo que me obriga a integrar minimamente a Política e a conhecer as principais Leis que regem os eleitos Locais. Dos manuais Políticos que consultei e do conjunto de Leis que nos regem, em nenhum dos casos, nos é conferido o direito de pôr em prática os supracitados comportamentos.
Sem imagem de perfil

De joaquim pereira a 14.10.2007 às 22:05

Quero relembrar que ainda estamos a espera da alteração do projecto de lei que regulamenta a actividade dos feirantes e o qual esta deveras muito desactualizado esperemos que este governo que tantas mudanças tem feito que tenha o bom senso de o alterar de acordo com as nossas propostas aguardemos e estamos atentos

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D